Setur

A Setur

Secretaria de Turismo, Cultura e Desportos – SETUR
 
a)     Objetivo Estratégico
A Secretaria de Turismo, Cultura e Desportos tem por objetivo principal estimular, apoiar e orientar as atividades do turismo dentro do município; implementar Políticas Públicas para garantir a democratização do acesso, estimular a expansão dos investimentos no setor; planejar e incentivar as parcerias com iniciativas privadas no turismo municipal; promover ações e atividades de incentivo à cultura em todas as suas manifestações e em todas as suas formas; executar a política de manutenção e conservação de memória e do patrimônio histórico, artístico, documental e cultural do município e elaborar e executar os programas que contribuam com o melhoramento das condições de infra-estrutura, de exploração, físico-educacionais do jovem, promover ações voltadas a prática esportiva e às atividades de educação física.
 
b)    Atuação
Contribuir e coordenar a formulação do Plano de Ação do Turismo do Governo Municipal e de programas gerais e setoriais inerentes à Secretaria; garantir a prestação de serviços municipais de acordo com as diretrizes de governo; elaborar, programar e executar programas de desenvolvimento da cultura, do turismo, e do esporte do município, atualizando-os permanentemente.
 
 c)     Meta
Desenvolver ações nas áreas do Turismo, Cultura e Desportos, dando suporte institucional para a integração sócio-econômica e cultural com os demais setores da sociedade para a promoção do turismo em Triunfo.
 
d)      Foco da SETUR
O foco principal da Secretaria de Turismo, Cultura e Desportos – SETUR é o desenvolvimento de ações na área do turismo, cultura e desportes, dando suporte institucional para a integração sócio-econômica e cultural com os demais setores da sociedade na promoção do turismo de Triunfo, propiciando uma maior valorização dos aspectos turísticos do município.
 
A SETUR tem o comprometimento de todas as pessoas e órgãos envolvidos no processo para a melhoria dos serviços prestados relacionando ao turismo municipal, através da implementação de ações de resultados, num clima de confiança e integração. Uma vez que o turismo constitui-se em uma atividade com grande poder de produzir e reproduzir espaços, as ações devem ser executadas a partir de políticas públicas que estejam baseadas no aproveitamento do potencial turístico, como uma alternativa para o desenvolvimento sócio-econômico de Triunfo.
 
A implantação das atividades no setor do turismo e cultural deve ocorrer primeiramente com a descentralização das ações e funções, através de diretrizes definidas, onde ocorram participação e integração das decisões com o envolvimento dos atores sociais, possibilitando a integração dos agentes locais e o desenvolvimento turístico, embasado por programas de capacitação e sensibilização com o objetivo de conscientizar a comunidade, o poder público e empresarial para a prática de um turismo profissional e sustentável. Mais para que ocorra essa descentralização se faz necessário a aprovação do organograma funcional que será sugerido pelo estudo realizado.
 
O objetivo central da SETUR é atingir o que está definido em sua visão de futuro, sistematizando seus objetivos através de uma análise profunda e realista do contexto ambiental, cultural, econômico e social em que o município está inserido. As metas e o plano tático e operacional a ser implementado, pelos níveis da organização, estão estruturados nos objetivos que devem ser concretizados a curto, médio e longo prazo, que devem estar em sintonia com as diretrizes da gestão municipal e com a interação da organização com o seu ambiente interno e externo.
 
Lembrando que cabe a gestão pública municipal, num processo participativo, definir as políticas e os objetivos que vão direcionar o desenvolvimento do turismo local, de forma a democratizar o acesso ao mercado e valorizar o produto existente, não permitindo a depreciação dos recursos e dos equipamentos instalados. Julgando que na gestão municipal é exigência gerir ações integradas entre os setores público, privado e a sociedade civil organizada. Cabe ao setor público responsabilizar-se pela difusão e promoção do patrimônio, pelo fomento de políticas definidoras da atividade, pela identificação, classificação e preservação de lugares históricos e naturais, além da regulamentação de normas de uso desse patrimônio, através da implementação de Políticas Públicas.
 
O turismo, como fator de desenvolvimento sócio-econômico deve estar condicionado à presença de condições mínimas de infra-estrutura, de investimentos, de políticas públicas de regulamentação e principalmente não deve trazer prejuízos à qualidade de vida da comunidade local receptora, com essa definição é pressuposto que o presente projeto de reestruturação da SETUR só ira somar valores sociais, culturais e econômicos para a população de Triunfo conciliado com o desenvolvimento sustentável do turismo no âmbito do município. Já a cultura como fator de caracterização do perfil social da região devera ser melhor agraciado com a implantação do Sistema Municipal de Cultura que é um mecanismo que envolve todos os atores da cultura e do poder público em uma articulação conjunta no sentido de criar instrumentos efetivos para o desenvolvimento do setor cultural do Município aliado a política pública de cultura passando necessariamente pela discussão e formulação em conjunto um Sistema Municipal de Cultura.
 
A administração municipal deverá enfatizar a qualificação gerencial e técnica dos dirigentes e servidores municipais como também a modernização da administração fiscal e de programas sociais, culturais, esportivos e turísticos. Melhor planejamento da gestão territorial e a gestão e proteção ambiental locais. Com um setor gerencial estruturado e munido de bons servidores as dificuldades encontradas para o desenvolvimento efetivo do turismo devem ser minimizadas.
 
A consolidação do município no mercado turístico e cultural Regional, Nacional e Internacional deverá se constituir na principal meta de todo o trabalho a ser desenvolvido a partir da operacionalização deste projeto.